Dois irmãos são assassinados à tiros em bar após discussão

O autor dos crimes fugiu e ainda não foi identificado

Um desentendimento terminou com os assassinatos de dois irmãos, Leones Ramos Ferreira da Silva, de 31 anos, e Lázaro Ferreira da Silva, 26, em um baile de forró que acontecia em um bar no Assentamento Milton Santos, em Americana, no limite com Paulínia. Outras duas pessoas ficaram feridas a tiros. Eles foram internados no Hospital de Paulínia. O autor dos crimes fugiu e ainda não foi identificado.

O duplo homicídio aconteceu no Bar do Braz que fica na Estrada Municipal Ivo Macris, na madrugada do último domingo (25). De acordo com informações da Polícia, pelo menos 50 pessoas estavam no local. O autor do crime estava acompanhado de outras pessoas não identificadas.

Algumas palavras proferidas - a polícia ainda não sabe o que foi falado - teria motivado uma discussão que evoluiu para os crimes. Uma pessoa que trabalhava no bar disse à polícia que a briga foi motivada por uma "conversa errada", porém, alegou que não escutou o que era.

O atirador abriu fogo em direção aos irmãos e sem se importar com a quantidade de pessoas no local. Depois, fugiu em um carro com outro homem. Apesar de muitas pessoas estarem no bar na hora do crime, ninguém se apresentou como testemunha. Quando os policiais chegaram ao local, apenas o representante do estabelecimento permanecia e disse que como fazia atendimento atrás do balcão não conseguiu ver os crimes apenas alegou ter escutado os disparos.

Leones morava em Paulínia. O irmão dele residia na capital paulista e estava fazendo uma visita para os irmãos. A polícia espera receber informações anônimas dos frequentadores do bar para tentar identificar o autor dos crimes.

LEGENDA FOTO

(Rede Social/Sargento Camargo): O duplo homicídio aconteceu no Bar do Braz que fica na Estrada Municipal Ivo Macris, na madrugada do último domingo (25).