Polícia Rodoviária multa um motorista a cada 5 minutos nas rodovias da RMC

Balanço aponta 111.535 autuações nas estradas que cortam a região de Campinas em 2017, número 17,7% maior que o registrado em 2016

O desrespeito e a falta de atenção às regras do Código Brasileiro de Trânsito (CBT) provocaram a emissão de 111.535 autuações nas rodovias que cortam a Região Metropolitana de Campinas (RMC) durante o ano de 2017, de acordo com dados fornecidos pela Polícia Militar Rodoviária. Na média, é como se a cada cinco minutos um motorista fosse multado por transitar em desacordo com as leis e regras de trânsito nas estradas da região.

O número de multas em 2017 é ainda 17,7% maior que o registrado em 2016, quando a Polícia Rodoviária lavrou 94.746 autuações nos trechos de estrada da RMC.

Principal eixo de ligação da região com a Capital, o sistema Anhanguera-Bandeirantes concentra 35,3% do total de multas emitidas pela Polícia Rodoviária na RMC.

Na Anhanguera (SP-330) foram lavradas 21.441 multas em 2017, número 20% maior que o registrado no ano anterior, quando foram registradas 17.854 autuações.

Na Bandeirantes (SP-348) o aumento foi 24,6% de um ano para o outro: de 14.447 autuações em 2016, para 18.006 no ano passado.

A menor "variação" ocorreu na Rodovia D. Pedro I, principal eixo de ligação da Região Metropolitana de Campinas com o Litoral Norte de São Paulo. Foram 8.467 multas emitidas em 2017, 155 a mais que o período anterior (8.312).