Ex-presidente Lula é condenado a 12 anos no “caso tríplex” por unanimidade

26.01.2018

Os desembargadores entenderam que a sentença de Moro é válida e, também aumentaram a pena em regime fechado pelos crimes citados

 

(Internet): Os magistrados negaram o recurso da defesa de Lula contra sentença aplicada pelo juiz Sérgio Moro. 

 

Os três desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, votaram na última quarta-feira (24) pela manutenção da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex no Guarujá. Os magistrados negaram o recurso da defesa de Lula contra sentença aplicada pelo juiz Sérgio Moro, em primeira instância pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O presidente da turma, Leandro Paulsen, proclamou o resultado e a sessão foi encerrada. 

Os desembargadores entenderam que a sentença de Moro é válida. E também aumentaram a pena do ex-presidente de 9 anos e meio de prisão para 12 anos e 1 mês de prisão em regime fechado pelos crimes citados, acolhendo pedido do Ministério Público Federal (MPF). 

O último desembargador a votar, Victor Luiz dos Santos Laus, também foi favorável à manutenção da condenação de Lula e pelo aumento da pena.

Laus disse que os desembargadores não julgam pessoas, mas fato. E completou: “Esses fatos que foram trazidos no âmbito da instrução criminal foram objeto de ampla investigação. O resumo que se tem é que, ao fim e ao cabo, aquele primeiro mandatário auferiu benefícios com esses fatos”.

Os desembargadores também concordaram em reduzir as penas previstas inicialmente para O ex-presidente da OAS, José Aldemario Pinheiro Filho, e para o ex-diretor da área internacional da OAS, Agenor Franklin Magalhães Medeiros. José Aldemário, conhecido como Léo Pinheiro, foi condenado em primeira instância a 10 anos e 8 meses de prisão, mas teve a pena reduzida para três anos e seis meses. Já Agenor Franklin teve a pena reduzida para um ano e 10 meses. A princípio, ele tinha sido condenado pelo juiz federal Sérgio Moro a seis anos.

A defesa de Lula deve conceder entrevista dentro de alguns minutos para falar sobre o resultado e futuros recursos. 

Entenda o caso

Para o juiz federal Sérgio Moro, ficou provado nos autos que o ex-presidente e a ex-primeira-dama Marisa Letícia eram de fato os proprietários do imóvel e que as reformas executadas no triplex pela empresa OAS provam que o apartamento era destinado a Lula e faziam parte do pagamento de propina ao ex-presidente por ter beneficiado a empreiteira em contratos com a Petrobras.

No recurso, a defesa alegou que a análise de Moro foi “parcial e facciosa” e “descoberta de qualquer elemento probatório idôneo”. Os advogados afirmaram que um conjunto de equívocos justificava a nulidade da condenação. Para a defesa, o juiz teria falhado ao definir a pena com base apenas na “narrativa isolada” do ex-presidente da OAS José Adelmário Pinheiro Filho, conhecido como Léo Pinheiro, sobre o que os advogados consideram “um fantasioso caixa geral de propinas” e a suposta compra e reforma do imóvel.

Julgamento

O julgamento começou às 8h30 com a apresentação do relatório do desembargador João Pedro Gebran Neto. Ele fez um resumo da ação e negou questão de ordem apresentada pela defesa que pedia mais tempo de fala.

Depois, o procurador regional da República Maurício Gotardo Gerum, teve 30 minutos para se manifestar. Ele afirmou que o ex-chefe do Executivo se corrompeu e que a defesa não conseguiu apresentar qualquer elemento probatório consistente que afastasse a acusação dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. “Lamentavelmente, Lula se corrompeu”, resumiu.

O advogado de Lula, Cristiano Zanin, afirmou, durante julgamento, que o processo é nulo e que, na sentença, não foi feita prova da culpa, mas, sim, da inocência do ex-presidente. Na alegação, Zanin apontou uma série de inconsistências no processo.

Depois, os desembargadores iniciaram a leitura dos votos. O primeiro foi o relator, João Pedro Gebran Neto, que votou pela condenação de Lula e o aumento da pena de 9 anos e 6 meses de prisão para para 12 anos e um mês de reclusão. Para o desembargador, a pena de Lula deve ser cumprida em regime fechado. Em relação ao ex-executivo da OAS Agenor Franklin, o relator propôs a redução da pena de 6 anos de prisão em regime fechado, para 1 ano, 10 meses e 7 dias de reclusão, em regime aberto. A pena do ex-presidente da empreiteira da OAS, José Aldemário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro, foi mantida em 3 anos, 6 meses e 20 dias de reclusão, em regime inicial semiaberto.

O revisor, Leandro Paulsen, votou em seguida. Ele acompanhou o relator e também manteve condenação de Lula e aumento da pena. Com isso, o placar ficou em 2 a 0, o que significa maioria no tribunal para manutenção da condenação de Lula. Paulsen disse, no entanto, que a pena só deve ser cumprida após todos os recursos "serem exauridos na segunda instância". 

Prisão

Não há possibilidade de o ex-presidente ser preso após o julgamento. Lula só poderia ser preso após esgotados todos os recursos no TRF4.

 

Eventual candidatura à presidência

Com a condenação, uma eventual candidatura de Lula à presidência, na eleição de outubro, pode ser barrada com base na Lei da Ficha Limpa, que considera inelegíveis aqueles que tenham sido condenados em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado.

No entanto, há uma brecha na lei que permite solicitar uma liminar (decisão provisória), o que garantiria o registro da candidatura. 

"Ele ainda pode recorrer e enquanto houver espaço para que a condenação seja revertida, ele pode tentar a suspensão da inegebilidade. Ele poderia ainda conseguir uma decisão liminar (provisória) e participar do pleito. E, mesmo sem liminar, Lula poderia conseguir registrar a candidatura perante o Tribunal Superior Eleitoral, em 15 de agosto, se não for preso. Nesse caso, o registro estaria sub judice”, afirmou a advogada Carolina Clève.

Fonte Agência Brasil

 

Compartilhar no Facebook
Gostei
Please reload

23 Oct 2020

Prefeito Du Cazellato autorizou a aquisição de 12.000 planos pelo período de seis meses em razão das aulas presenciais suspensas pela pandemia

O prefeito Du Cazellato (PL) autorizou a aquisição de 12.000 planos da operadora Tim S/A , com franquia mensal de 10GB de internet e serviço de voz ilimitado, para alunos da rede municipal de ensino.

Segundo o extrato do contrato, a ação é visando a melhoria do acesso aos conteúdos pedagógicos inseridos pela Secretaria Municipal de Educação na plataforma re...

23 Oct 2020

Além dos benefícios à autoimagem, o uso do lenço age positivamente no tratamento da paciente

Muitas mulheres, enquanto enfrentam o tratamento contra o câncer, relatam que um dos momentos emblemáticos é quando começam a cair os cabelos e, com eles, uma parte importante da autoestima. Sentir-se feminina importa muito na qualidade de vida e recuperação das pacientes; foi por isso, que durante o Outubro Rosa, movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama, que o laborató...

23 Oct 2020

Executivo municipal é responsável por gestão dos serviços públicos

Em 2020, aproximadamente 148 milhões de eleitores estão aptos a ir às urnas em novembro para escolher prefeitos e vereadores. Mas você sabe o que faz um prefeito? Representante máximo do Poder Executivo municipal, é ele quem comanda a administração da cidade e é o responsável pela gestão dos serviços públicos do município como educação, saúde, transporte e limpeza pública, entre outros.

Muitas dessas políti...

23 Oct 2020

Os Cães de Serviço são divididos por categorias, cada um com suas particularidades, mas todos igualmente especiais e importantes


Os Cães de Serviço são divididos por categorias, cada um com suas particularidades, mas todos igualmente especiais e importantes. Existem os cães treinados para auxiliar autistas, para diabéticos, de alerta e de mobilidade.

Os cães para autistas aprendem a deitar no chão, impedindo que uma criança saia correndo e fuja. Os cães para diabéticos avisam quando há grandes...

23 Oct 2020

A motorista, que veio a óbito no local, era técnica de enfermagem do Caism, da Unicamp

Na tarde da última quinta-feira (22), um grave acidente matou duas pessoas na Rodovia Virginia Viel Campo Dall'Orto (SPA 115/330), em Sumaré. Entre as vítimas está o gerente da Secretária de Serviços Públicos do município, Rildo José Sanches, de 52 anos.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, a colisão ocorreu por volta de 13h20, na região do bairro Chácara Bela Vista.

A condutora de um Renault Clio trafegav...

23 Oct 2020

A praça do Bom Retiro também foi beneficiada com nova pintura e areia na área dos brinquedos


Os trabalhos de recuperação dos campos de futebol da cidade, foram concluídos pela Prefeitura de Paulínia nesta semana em mais dois locais.

Os bairros Vila Nunes e Bom Retiro agora contam novos campos de futebol. A Secretaria de Esportes reformou o alambrado, instalou ponto de hidratação, trocou as redes dos gols de ambos os locais. No Vila Nunes também foi feita a marcação do solo.

A praça do Bom Reti...

23 Oct 2020

Os trabalhos realizados pela Prefeitura já passaram por ruas do Jardim Itapuã, Centro, José Paulino Nogueira, Monte Alegre 3 e São José

O trabalho de pintura do solo realizado pela Administração Municipal nesta semana atendeu vias do Jardim Vista Alegre, Monte Alegre 1, Nova Paulínia e São José.

Trechos das Avenidas dos Trabalhadores e dos Expedicionários estão entre os locais que receberam melhorias de sinalização, além do cruzamento entre as Ruas Santa Cruz e 9 de Julho.

A Secretaria de Trans...

23 Oct 2020

A live será transmitida na página do Facebook do CMDM

Nesta sexta-feira (23) às 19h30 o Conselho Municipal do Direito da Mulher de Paulínia realiza um bate papo com Adhara Campos Vieira sobre “As Constelações Familiares e a Violência Doméstica”.

A convidada é Mestre em Direitos Humanos pela Universidade de Brasília, graduada em Ciências Contábeis pela Universidade de Brasília (UnB), Bacharel em Direito, autora do livro “A constelação no Judiciário” e Presidente da Associação Brasileira de Constela...

16 Oct 2020

A licença de instalação deverá ser emitida em breve, o que possibilitará o começo das obras

O início das obras de construção do novo sistema viário que vai ligar a região do Monte Alegre ao João Aranha, está cada dia mais próximo para a população paulinense.

Na quinta-feira (15) a Prefeitura de Paulínia publicou na edição 1549 do Semanário Oficial, a Licença Prévia 1/2020, emitida pela Secretaria de Meio Ambiente, com validade de dois anos.  A Comissão de Licenciamento da Prefeitura de Paulínia, c...

16 Oct 2020

Estudos mais recentes indicam que as crianças são as mais contaminadas e mais assintomáticas para o coronavírus, com uma taxa de aproximadamente 70%

A Prefeitura Municipal de Paulínia comunicou comunicar oficialmente sobre o não retorno das atividades e aulas presenciais nas escolas e unidades da rede municipal de educação no ano letivo de 2020.  A decisão pauta-se em critérios eminentemente técnicos e científicos, com a finalidade precípua de proteger as crianças, os trabalhadores e a comunidade...

Please reload

© 2018 Jornal de Paulínia