9º Fórum em Roda terá como tema a importância do limite na educação das crianças

O evento é aberto a toda população e será realizado na próxima quinta-feira (28)

O Programa Conecta da Copersucar, realizará na próxima quinta-feira (28) o 9º Fórum em Roda, que abordará o tema “A Importância do Limite na Educação das Crianças”. O evento, que é aberto a toda população, será realizado a partir das 16h na Escola Municipal Elvira Cassia de Oliveira, que fica localizada na Rua Mathilde Freitas Bergamaschi, nº 181, no bairro São José II.

O encontro será mediado por Mayne Castellanelli, psicóloga graduada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCCamp). Atua como psicóloga clínica com ênfase na Abordagem Comportamental (Terapia por Contingências de Reforçamento) atendendo crianças, adolescentes e adultos. Realiza serviços de triagem e acolhimento psicológico, orientação profissional a adolescentes e jovens, avaliação, diagnósticos e intervenções psicológicas a nível clínico com atendimento psicoterapêutico individual e familiar. É psicóloga voluntária na Casa da Criança Araúna na cidade de Americana, na qual realiza, juntamente à equipe pedagógica avaliações e intervenções que possuem como objetivo a minimização dos fatores de risco da criança e auxilio ao desenvolvimento de processos que envolvem comportamentos de risco. Atua juntamente com a Secretaria Municipal de Educação em um projeto que visa a melhoria da assistência à Crianças e suas famílias em situação de Vulnerabilidade Social, nas Instituições Educacionais das regiões menos favorecidas.

As relações entre pais e filhos sempre foram fraternas, um instinto de livre amor entre ambos e o maior desejo dos pais é oferecer uma boa formação para seus filhos possam se preparar para a vida adulta. No entanto, durante este processo os pais se deparam com a sua missão de dizer não, impor limites, não ceder as chantagens emocionais, exercendo autoridade sem ser invasivo.

“Estabelecer regras e limites dá muito mais trabalho do que deixar as crianças fazer o que querem. Mas não podemos esquecer que a nossa missão enquanto pais é humanizar os nossos filhos, prepará-los para o mundo. Muitas vezes é difícil, estamos cansados, e queremos fazer de conta que não vimos/ouvimos quando eles desrespeitam uma regra, mas não estamos a fazer-lhes um favor. As regras são extremamente importantes para as crianças. O raciocínio delas, ainda que inconsciente, é que se os pais não são capazes de lhes impor limites, também não são capazes de as proteger. Porque as regras dão segurança. Quando a criança não sabe quais são os seus limites, o mundo torna-se angustiante.” refere Magda Gomes Dias para o site Pais e Filhos, formadora na área do coaching e aconselhamento parental.

Portanto, se você se reconhece nessa situação e quer saber mais sobre esta temática para contribuir no seu papel de Pai/Mãe/Professor, participe e esclareça estas e outras dúvidas no 9° Fórum em Roda do Conecta Copersucar.