Ocorrências de homicídios dobram em Paulínia em comparação ao ano passado

Além dos casos de homicídio, o numero de ocorrências de tráfico de entorpecentes subiu de 76 para 95

(Ilustrativa): Comparado a municípios da Região Metropolitana de Campinas (RMC), sete registraram crescimento de casos: Paulínia (5 para 10 casos).

Os números de homicídios em Paulínia aumentaram neste primeiro semestre de 2017 conforme dados da Secretaria de Segurança Pública.

De janeiro a julho, os homicídios dobraram no município, no ano passado foram cinco no período e dez no ano todo. Em 2017 já foram dez só até julho.

Comparado a municípios da Região Metropolitana de Campinas (RMC), sete registraram crescimento de casos: Paulínia (5 para 10 casos) Americana (1 para 4 casos); Campinas (18 para 25); Cosmópolis (1 para 2); Hortolândia (4 para 7); Monte Mor (0 para 1); Santo Antônio de Posse (0 para 1); e Vinhedo (0 para 3).

O último homicídio no município ocorreu na terça-feira (5). Um agricultor de 33 anos matou com golpes de facão o vizinho por desavenças.

O pai e o irmão da vítima testemunharam o ocorrido. O caso aconteceu por volta das 19h, em uma ocupação na Avenida Antonio Fadim, no Bonfim.

Conforme o relato da família, a vitima, um homem de 23 anos, estava sentado à beira de uma fogueira em frente de casa enquanto o irmão e o pai estavam dentro da residência.

Segundo consta no boletim de ocorrência, na sequencia, os familiares da vitima ouviram gritos. Eles saíram da casa e se depararam com o homem sangrando com um corte profundo no pescoço caído no chão e com o agricultor em posse de um facão tentando esfaquear outra vez a vítima. A tia do agricultor o impediu de continuar o ataque e o autor fugiu correndo com o facão na mão. A Guarda Municipal foi acionada, mas a vitima não resistiu e morreu no local.


Roubo de veículos

Em um comparativo somente entre os meses de janeiro de 2016 com este ano, os furtos e roubos de veículos cresceram 9,8% em sete cidades RMC. De acordo com os dados divulgados pelo governo, nas cidades de Artur Nogueira, Campinas, Morungaba, Paulínia, Pedreira, Valinhos e Vinhedo, foram tabulados 655 crimes, com recuperação de 304 veículos de acordo com a polícia.


Tráfico de Entorpecentes

O número de ocorrências de tráfico de entorpecentes subiu 17,58% na RMC, na comparação entre janeiro a julho de 2016 e o mesmo período deste ano. A quantidade passou de 1.496 para 1.759. Os dados do mês foram divulgados pela SSP (Secretaria Estadual da Segurança Pública).

Das 20 cidades da região, 14 registraram aumento: Americana (de 92 para 154), Campinas (de 437 para 504), Cosmópolis (de quatro para dez), Holambra (de zero para um), Hortolândia (de 102 para 179), Indaiatuba (de 210 para 233), Itatiba (de 49 para 51), Monte Mor (de 26 para 35), Morungaba (de zero para um), Paulínia (de 76 para 95), Pedreira (de 25 para 39), Santo Antônio de Posse (de 12 para 17), Sumaré (de 108 para 151) e Vinhedo (de 12 para 14).

© 2020 Jornal de Paulínia