Mais um secretário deixa o governo Dixon

David Rodrigues é o 7º secretário que pede para deixar o primeiro escalão da Prefeitura

Na segunda-feira, dia 19, o governo de Dixon Carvalho (PP) sofreu mais uma baixa. O sétimo secretário a deixar o primeiro escalão do prefeito foi David Rodrigues Lima, da Secretaria de Turismo e Eventos de Paulínia.

Desde que o vice-prefeito, Sandro Caprino, fez o desligamento com o prefeito, em 11 de maio, era também esperada a saída de Lima. David ganhou mais força após o rompimento de Aristides Ricatto com Dixon, em 29 de maio.

Lima foi um dos secretários indicados por Caprino no início do governo para compor o primeiro escalão de Dixon. A saída do secretário, no entanto, não se deu por problemas com o chefe do Executivo, apenas o fez por pertencer a outro grupo político.

Um dia depois de Ricatto sair do governo de Dixon, Fernanda Alves da Silva já havia pedido demissão do comando da Secretaria Municipal de Recursos Humanos. No lugar dela, assumiu Pedro José Gonçalves. Já Carlos Alberto Cavalaro segue acumulando as funções de Ricatto e a dele de secretário municipal de Assistência Social.

Também deixaram o governo Dixon desde janeiro passado os secretários municipais: George Burlandy, de Saúde; Rubens Ewald Filho, de Cultura; Elisete Quadros, de Negócios Jurídicos; e Valmir Ferreira da Silva, de Finanças e Administração.

Reposição Assumiram, respectivamente, Cláudio Miranda, Janaína Padovani, Luciano Carrer e Silvio César Vieira Andrade. No lugar de Janaína, na Secretaria de Planejamento, Dixon colocou Vlamilson Vieira.

No lugar de David foi nomeado interinamente o advogado Carlos Alberto Coelho, o Grilo. Ele era chefe de gabinete da pasta e é o atual presidente municipal do Partido Republicano Progressista (PRP).

© 2020 Jornal de Paulínia