Ministério da Saúde promete apoiar Hospital Municipal de Paulínia

Secretário Nacional da Saúde esteve no hospital para ver os problemas da unidade

Na sexta-feira, dia 19, o Secretário Nacional de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, Rogério Luiz Zeraik Abdalla, e o Chefe de Gabinete Regional da Presidência da República, Arlon Viana estiveram em Paulínia para visitar o Hospital Municipal.

Como representante do Ministério da Saúde, Abdalla visitou o Hospital Municipal de Paulínia (HMP) e se reuniu com a equipe da Secretaria Municipal de Saúde para discutir demandas que serão levadas ao Ministério. “Levaremos diversas demandas para estudo, na certeza de que firmaremos futuras parcerias que ajudarão a cidade a aprimorar a qualidade do atendimento à saúde prestado ao cidadão. Paulínia, sem dúvida, pode contar com o apoio do Ministério da Saúde”, afirmou Rogério Abdalla. O secretário estava acompanhado de seu chefe de Gabinete, Washington Carlos Ribeiro Soares.

Entre as pautas discutidas, Abdalla ressaltou a necessidade de adesão do município ao e-SUS Atenção Básica (e-SUS AB), uma estratégia criada para reestruturar as informações da Atenção Básica em nível nacional, que tem como objetivo qualificar a gestão da informação, transformando-a em ferramenta para ampliar a qualidade no atendimento à população.

O prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho, reforçou que a cidade tem enfrentado, no decorrer dos últimos anos, graves problemas na área da Saúde e que o apoio do Ministério se faz extremamente necessário.

Ainda durante o encontro, Dixon reforçou que a Prefeitura tem empenhado esforços para recuperar a Certidão Negativa de Débitos (CND) e, assim, poder firmar convênios com o Governo Federal. “Já quitamos e parcelamos as dívidas que nos impediam de obter as certidões. Agora, bastam apenas alguns trâmites burocráticos para que tenhamos a CND em mãos e, assim, possamos pleitear recursos para a nossa cidade”, afirmou Dixon.

Também participaram da visita ao HMP, o secretário de Chefia de Gabinete da Prefeitura de Paulínia, Reginaldo Vieira, o secretário de Saúde do município, Cláudio Miranda e os vereadores Marquinhos Fiorella (PSB), Flávio Xavier (PSDC) e Zé Coco (PV).

© 2020 Jornal de Paulínia